Apps de mensagens são os principais intermediadores de vendas online no Brasil

Pesquisa mostrou que a maioria das empresas usa aplicativos como WhatsApp, Skype e Faceboook Messenger para facilitar vendas

55

A chegada do novo coronavírus fez com que muitas empresas adotassem ou ampliassem o uso de canais digitais no relacionamento com clientes – para vendas, dúvidas, reclamações, entre outras demandas. Porém, de acordo com dados do TIC Empresas 2019, divulgada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), a adesão aos aplicativos de mensagens já era vista como uma opção para empresas e clientes, inclusive desde o ano passado.

Segundo a pesquisa, os aplicativos de mensagens foram os protagonistas das vendas de empresas de todos os setores no Brasil. O relatório revela que 57% das empresas venderam pela internet no ano passado. Os destaques são os setores da indústria, varejo, informação e comunicação, alojamento e alimentação. Apps como WhatsApp, Skype e Facebook Messenger foram usados por 42% das empresas que venderam online para intermediar as transações. Os outros canais mais usados foram e-mail (39%), redes sociais (20%), website da empresa (16%) e marketplaces (14%).

Principais apps usados na intermediação de vendas on-line

  1. 42% aplicativos de mensagens
  2. 39% e-mail
  3. 20% redes sociais
  4. 16% website próprio
  5. 14% marketplaces

Presença digital

Pouco mais de metade das empresas (54%) brasileiras declararam possuir um website, cenário estável na comparação com a última pesquisa, de 2017, quando 55% disseram ter uma página na internet.

Por outro lado, a presença nas redes sociais cresceu. Se em 2017 71% estavam em alguma plataforma, em 2019 o índice chegou a 78%.

LOJA VIRTUAL

Acesse a loja virtual e saiba mais sobre as vantagens dos nossos ERP's, produtos e serviços!